A Tradição da Disney de um Fracasso Por Ano


A Disney é dividida em duas, tem a galera que senta na frente, presta atenção em tudo, faz o dever de casa, os trabalhos em grupo, é a galera criativa, responsável pelo novo Star Wars, os desenhos da Pixar e as franquias da Marvel.

E tem também a galera do fundão, que só quer bagunça, falta, não presta atenção e não faz a lição de casa, mas tem uma lábia muito boa, só assim para entender o por que do estúdio liberar orçamentos milionários, para essa galera entregar um produto péssimo.

Tomorrowland acaba de estrear e amarga um fracasso, foram gastos US$ 190 milhões e estreou com apenas US$ 32 milhões praticamente a mesma coisa que John Carter  e Cavaleiro Solitário.

Vamos então aos pontos principais.


Príncipe da Pérsia


Todo mundo sabe, mais todo mundo mesmo, que filme baseado em vídeo game não da bilheteria, a maior bilheteria de um filme de game foi Tomb Raider que faturou US$ 274,703 no mundo todo, o que é pouco, então por que alguém iria aprovar um orçamento de mais de US$ 200 milhões, (maior que Piratas do Caribe, maior que Homem de Ferro, maior que Homem Aranha???? ) para Príncipe da Pérsia um filme baseado em um game?

Não deu outra, o filme foi um fiasco e deu prejuízo enorme para Disney em 2010, o prejuízo só não foi maior porque fora dos EUA o filme faturou US$ 245 milhões de dólares.


hadouken

O Aprendiz de Feiticeiro


Ainda em 2010 a Disney teve a ideia de “O Aprendiz de Feiticeiro” que vem de um segmento do clássico desenho animado “Fantasia”, de Walt Disney, lançado em 1940,


o roteiro foi feito por cinco escritores, enredo fraco + uma tonelada de efeitos visuais + o canastrão Nicolas Cage = fracasso merecido.




John Carter  


Em 2012 a Disney entregou na mão do diretor Andrew Stanton, que só tinha dois filmes de animação no currículo, um orçamento de US$ 250 milhões de dólares, e está na lista dos 5 filmes mais caros do mundo, é um orçamento que chega perto de Avatar, e fica a pergunta, será que ninguém percebeu que não daria certo?


Filme em que alienígena é feio e esquisito ao menos tem que ser “fofo” e simpático igual ao E.T, ou mestre yoda, por que geralmente Alien feioso não é mocinho é vilão vide Predador, Alien e companhia, os alienígenas mocinhos tem que ter um visual agradável para o público, igual em Avatar.

Porém não foi só isso a razão do fracasso, o enredo é muito ruim com personagens horríveis e chatos, e até hoje sinceramente eu não consigo enxergar onde gastaram o tal US$ 250 milhões.

Resultado , a empresa contabilizou perda de US$ 200 milhões com o fracasso de "John Carter - Entre Dois Mundos".




Cavaleiro Solitário



No ano seguinte, em 2013, alguém achou uma boa ideia investir US$ 215 milhões, também um dos maiores orçamentos do MUNDO, em um filme de faroeste, filmes de western, está morto e enterrado desde a década de 70, de vez em quando surge um faroeste bom que da sucesso de bilheteria como Django Livre, mas mesmo assim nos últimos 20 anos a maior bilheteria de faroeste foi de Bravura Indômita de 2010 que faturou US$ 252 milhões no mundo todo, o que já por si só não justifica investir US$ 215 Milhões em Cavaleiro Solitário.

O filme teria que render no minimo US$ 700 milhões e o filme não conseguiu nem metade disso, e o público ficou confuso, quem curte faroeste não foi ver por que pensou que fosse uma aventura, quem curte aventura não foi ver por que pensou que era faroeste, o estúdio tinha um produto e não sabia como vender, até hoje eu não sei se é comédia, aventura, faroeste ou ficção científica.
Resultado 'O Cavaleiro Solitário' deu prejuízo de US$ 190 milhões.

O pior é que Will Smith já tinha tentando fazer algo parecido a uns anos atrás com As Loucas Aventuras de James West e não deu certo. 

Se eu percebo isso e você também meu caro leitor, como é que os executivos, que ganham milhões na Disney não?



E esse ano com Tomorrowland - Um Lugar Onde Nada é Impossível, a Disney tem mais uma bomba na mão, que não conseguiu se pagar na bilheteria, um filme estranho e confuso sobre uma adolescente que encontra uma pequena peça e é transportada para uma realidade paralela. O trailer do filme já deixou todo mundo confuso, vendo o filme você entende porque foi um fiasco.

O resultado foi $ 190 milhões de orçamento do filme, contra $ 208 milhões arrecadados no mundo todo, gerando mais um prejuízo para Disney.

No final não vai dar um "prejuízo" enorme para o estúdio, por que graças a Star Wars e Vingadores Era de Ultron, o caixa da empresa vai terminar no azul, mas depois de anos por que a Disney ainda não aprendeu? Errar uma vez é humano, duas ou três também, porém errar mais de dez já exagerou.

Então até o próximo fracasso da Disney.


Share on Google Plus

About ulisses silva

    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários:

  1. A Disney precisa esquematizar o imposto de renda anualmente e, provavelmente esses filmes são fracassam propositalmente como uma forma de ajustar o "bureau" financeiro da empresa com o fisco que gira em torno de milhões de dólares.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho minhas suspeitas disso, ou talvez seja desvio de verba, afinal John Carter custou $250 milhões e acho que só gastaram $50 milhões, o resto foi desviado. não tem como aquele filme ter custado isso tudo.

      Excluir