Critica / JURASSIC WORLD O MUNDO DOS DINOSSAUROS

Por Ulisses Silva:


O parque esta aberto

Nota 8

O projeto de um novo Jurassic Park roda há anos em Hollywood, tendo passado por vários diretores e roteiristas na última década, no final acabou nas mãos dos desconhecido Colin Trevorrow.


Neste novo filme depois de anos, finalmente o sonho de John Hammond foi realizado e o parque finalmente abriu, recebe milhares de visitantes por ano, é uma mistura de Disney World com aqueles sáfaris na África.


Logo no inicio somos apresentados ao parque temático o Jurassic World, e todas suas atrações, desde de dinossauros holográficos, até dinossauros aquáticos o que lembra bastante o Sea World na Flórica, o CGI aqui foi usado com perfeição, o vilão do filme é um híbrido dinossauro o Indominus Rex, nas palavras da chefona do Jurassic World, eles precisavam de um dinossauro “maior, mais brutal e melhor”, para renovar o interesse do público (acho que ela estava falando diretamente com a gente).


Como no primeiro filme temos a fuga desse dinossauro, indo em direção ao parque e dois irmãos perdidos que são sobrinhos da Claire (Bryce Dallas Howard), responsável pelos comandos do Jurassic World O Mundo dos Dinossauros.


Chris Pratt esta bem a vontade como herói do filme, que parece que serviu como teste para ele viver Indiana Jones em um futuro filme, no filme ele vive um domador de Velociraptors (!!!!!!)
No começo também torci o nariz para isso, mas não é que funcionou, acabou sendo importante para a trama, que não posso dizer senão vocês irão me xingar por causa do spoiler.

O filme serve como uma apresentação para a nova geração, e uma homenagem a galera que viu o filme Jurassic Park O Parque dos Dinossauros de 1993 várias vezes, impossível não ter uma lembrança emocional, quando toca a trilha sonora do filme antigo, ou então quando aparece o jeep usado no primeiro filme, seus olhos vão encher de lágrimas.

O CGI é bem usado, nunca exagerado até por que eles mesclaram com cenas animatrônicas, alguns dinossauros como no primeiro Jurassic Park são robôs, o que da um ar nostálgico e mais realista as cenas, neste filme é tudo muito mais grandioso desde o laboratório onde são criados os dinossauros, até os paramilitares que protegem o parque.

As cenas de ação são apenas ótimas não são excelente como as dirigidas por Spielberg, no primeiro Jurassic Park, o clímax final é exageradamente ótimo, e podem esperar de tudo neste filme, briga de dinossauros, sangue, vísceras, correria, gritaria, tudo muito mais exagerado que nos filmes anteriores, o filme cumpre o papel melhor do que o esperado, e parece que será o reinicio da franquia Jurassic Park.


E que venham mais filmes.

Siga no Twitter @SoFilmesManiaco



          

Share on Google Plus

About ulisses silva

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário