Critica "No Coração do Mar" mais um fracasso do ator Chris Hemsworth

Por Ulisses Silva:


Nota 6

A coisa não está boa para o ator Chris Hemsworth, seus primeiros passos foi em dois episódios na série de TV “Guinevere Jones” em 2002, e em 2009 veio sua esteia no cinema como pai do capitão Kirk em Star Trek, em 2011 conseguiu o tão cobiçado papel em Thor que foi um grande sucesso, porém de lá para cá não conseguiu emplacar um sucesso que não fosse da Marvel.

Seus filmes seguintes, O Segredo da Cabana e Branca de Neve e o Caçador foram mais ou menos nas bilheterias e com criticas negativas, na sequência foram Amanhecer Violento, Rush, Hacker todos fracassos de bilheterias, Hacker por exemplo está no top 10 de piores estreias de todos os tempos.

Esse é terceiro grande fracasso do estúdio Warner, O Destino de Júpiter, Peter Pan e agora No Coração do Mar, juntando os 3, a Warner gastou $ 500 milhões de dólares de investimento, nenhum dos dois primeiros conseguiu ao menos igualar o orçamento com o faturamento.

No Coração do Mar teve uma estréia de apenas $ 11 milhões de dólares nos EUA.

No Coração do Mar



“É a história de dois homens”, e assim começa o filme, Capitão George Pollard (Benjamin Walker) e o primeiro imediato Owen Chase (Chris Hemsworth), e o conflito entre os dois pelo poder e liderança do navio, enquanto Pollard só virou capitão do navio por ser de uma família rica, Chase lutou para chegar aonde chegou e a capitania do navio Essex lhe foi negada para da-la a Pollard.

O navio sai em busca do tão cobiçado óleo de baleia, a empresa prometeu a Chase um navio sob seu comando, caso ele consiga um bom número de barris de óleo de baleia, o filme é uma mistura do livro Moby Dick com o livro No Coração do Mar, e o que poucas pessoas sabem é que a história do Moby Dick é baseada em fatos reais, sobre o naufrágio do navio Essex em 1820.


No filme o diretor não te dá nem a oportunidade de escolher um lado para ficar se é do primeiro imediato ou do capitão, pois logo nos primeiros 20 minutos, vemos um capitão inexperientes, chato, irritante, logo você fica do lado do Thor quer dizer do Chase (Chris Hemsworth), porém sua ganância, arrogância e obcessão fazem com que o navio bata de frente com a enorme baleia branca, semelhança do personagem Chase com Thor é mera coincidência.

As cenas do mar são maravilhosas, a aparição da baleia branca combatendo os personagens é incrível muito bem dirigida, porém o filme fica nos devendo em aprofundamento das personagens, alguns personagens morrem e o público nem tem aquele sentimento de perda, mesmo com a maravilhosa trilha sonora, em certo momento o filme parece uma mistura de Náufrago e As Aventuras de Pi.

O final do filme é bastante previsível afinal é uma história bastante conhecida por todos, mas não tira o mérito do filme, é uma lição sobre a ambição do homem contra natureza.  No fim das contas é um ótimo filme de aventura e só, bem dirigido com boas cenas de ação, é um bom entretenimento.

Curiosidade:



Os atores que interpretam os sobreviventes, incluindo Chris Hemsworth, tiveram de fazer uma dieta de apenas 600 calorias por dia para a fase do filme em os personagens passam fome.

No Coração do Mar (In The Heart of The Sea)
Direção: Ron Howard 
Elenco: Chris Hemsworth, Cillian Murphy, Ben Whishaw, Tom Holland.








Share on Google Plus

About ulisses silva

    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. Eu gosto, com prós e contras, mas vale a pena assistir. Em suma, "No Coração do Mar " é um espetáculo visual muito interessante que recebe cenas específicas com força suficiente. Além disso, o filme também adiciona duas reflexões interessantes: em primeiro lugar, com Melville como eixo sobre o ato de escrever, sobre o medo de nossa própria incapacidade ea luta interna entre revelando e inventar, entre a transmissão da verdade e da captura da essência; ea segunda, sobre os interesses comerciais eternas e a tirania do dinheiro.

    ResponderExcluir